gototopgototop

O sucesso educativo e a importância do envolvimento parental

PDFVersão para impressãoEnviar por E-mail

Pais_na_EscolaSem dúvida alguma que existe uma forte relação entre o envolvimento dos pais na vida académica dos seus filhos e o sucesso escolar dos mesmos.

Os pais são os principais responsáveis pela educação e bem-estar dos filhos e os professores são parceiros insubstituíveis. A relação da escola com a família é fundamental e pode ser optimizada. É muito importante que esta relação se traduza em laços fortes, abertos, onde a família esteja à vontade para partilhar, ser ouvida, para que sinta que existe um trabalho em comum para o mesmo fim.

Nunca o trabalho de equipa pode fazer sentido, se a mesma não obtiver o “feedback” dos pais, que são também eles agentes educativos, e que tanto ou mais que os professores, sabem o que é melhor para os seus filhos.

Diferentes autores têm sugerido que os pais são poderosos socializadores da auto-percepção que os filhos têm do seu desempenho escolar. Desta forma, a informação que as crianças/jovens recebem das pessoas que são importantes para si (pais, professores, colegas), sobre as suas capacidades académicas, pode influenciar a percepção que têm quanto ao seu desempenho escolar.

A capacidade de trabalhar em conjunto no processo de socialização das crianças/jovens é apontada por Epstein (2009) e Coleman (1988) como o único modo de pais e professores os apoiarem de forma eficaz para o sucesso escolar. Para Zenhas (2010), os três actores – escola, família e comunidade – têm os mesmos objectivos relativamente aos alunos: desenvolvimento integral enquanto cidadão e o sucesso académico e educativo. Apenas através de um esforço conjunto se conseguem atingir de forma eficaz, esses objectivos.

As famílias podem, através da maior proximidade com os professores e com a escola, aumentar as suas expectativas relativamente ao sucesso escolar dos seus filhos. Para além do aumento das expectativas de sucesso dos alunos, podem também tornar-se educadores com mais conhecimento, mas principalmente, com mais competências e, por isso, educadores mais confiantes e mais eficazes. Também os professores podem beneficiar com esta colaboração pois aumenta o seu conhecimento sobre os seus alunos e as características e necessidades das suas famílias. Cada qual deve saber os seus papéis e perceber como os mesmos são diferentes e como se complementam.

O papel dos pais é de autoridade/cuidador, não forçosamente pedagógico, e o papel da escola é o pedagógico, sem perder o seu carácter de autoridade e sem se esvaziar na componente técnica. Já o objectivo de ambos, junto do aluno, é o seu sucesso académico, ou melhor, a aquisição de competências! E é aqui que se pode encontrar muito de comum.

A psicóloga Ana Rodrigues

Fitness journal

Acessos rápidos

Moodle da Escola Profissional de Tondela Webmail da Escola Profissional de Tondela Transmissão Online Documentos Canal da EPTondela EPT no Facebook Jornal EProfissional Arquivo fotográfico

Visita virtual

Videos no Youtube

Inquérito

Qual o Curso que gostarias de frequentar?

 

Galeria de Fotos

Recortes de Imprensa

Visitantes


free counters